SubsLGBT+ e FundturMS realizam blitz educativa em bares e restaurantes no combate à LGBTfobia

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: quarta-feira, fevereiro 23, 2022 as 17:00 | Voltar

A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, juntamente com a Abrasel, Defensoria Pública e Ministério Público Estadual, é parceira da Subsecretaria de Políticas Públicas LGBT numa blitz educativa em bares e restaurantes e que acontecerá em todo o estado. A blitz é uma das ações da campanha lançada pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (23) para combater a LGBTfobia e divulgar canais de denúncia.

A blitz educativa em bares e restaurantes acontece de 23 de fevereiro a 02 de março na capital e, durante o mês de março, em cidades do interior. O diretor-presidente da FundturMS, Bruno Wendling, destaca a importância da ação. “É uma ação importante e necessária. A Fundtur tem o papel de, além de promover seus destinos para o público LGBT, sensibilizar e auxiliar combate ao pré-conceito juntamente com a subsecretaria estadual de Políticas Públicas LGBT”.

O objetivo da blitz educativa é conscientizar a sociedade e apresentar canais de denúncia contra estes crimes. Leonardo Bastos, subsecretário estadual de Políticas Públicas LGBT, explica como será toda a campanha. “Será uma campanha de identidade visual, com cunho pedagógico, para estimular a população LGBT a procurar a delegacia, em casos de LGBTfobia, que é um crime, inclusive temos uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de 2019, que equipara ao crime de racismo, por isso não é mais uma brincadeira, mal-entendido ou agressão que não será penalizado”.

Ele destacou que a campanha também será divulgada nas redes socais e terá o envio de cartazes nas escolas, batalhões da PM, órgãos estaduais, assim como estabelecimentos como restaurantes e bares. A promoção é da Secic (Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura), por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas LGBT, tendo a parceria da Defensoria Pública e do Ministério Público Estadual. Serão enviados cartazes para escolas, repartições públicas e estabelecimentos privados, assim como divulgação nas redes sócias.

Entre os canais de denúncia disponíveis está o Centro Estadual de Cidadania LGTB: (67) 33169183, Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria (67) 992657323 e Ouvidoria do Ministério Público: 0800 647 1127.

Confira os estabelecimentos que vão receber a blitz educativa em Campo Grande:

• 23 de fevereiro de 2022
18h10 - Vitrine Grill, Av. Bom Pastor, 652 - Vila Vilas Boas
18h40 - Cantina Romana, R. da Paz, 237 - Jardim dos Estados
18h50 - Pizzaria Romana, R. Bahia, 463 - Jardim dos Estados
19h10 - Mr. Hoppy Campo Grande-Centro - Endereço: R. Padre João Crippa, 947 – Centro

• 24 de fevereiro de 2022
18h30 - Território do Vinho, R. Euclides da Cunha, 485 – Centro
19h - Tasco Botequim, R. Manoel Inácio de Souza, 1293 - Santa Fe
19h20 - Lupland Biergarten, R. Antônio Maria Coelho, 3285 - Jardim dos Estados

• 25 de fevereiro 2022
18h - Saagio Pizza, R. Cristóvão Lechuga Luengo, 368 - Sala 01 - Conj. Res. Mata do Jacinto,
18h30 - Pizzaria Al Forno, R. Vitório Zeola, 728 - Carandá Bosque
19h - Priya Restaurante Comida Indiana Inclusiva, R. 25 de Dezembro, 2062 – Monte Castelo
19h30 - Maó boteco bar - R. Eduardo Santos Pereira, 1296 – Centro

Lei contra a homofobia e racismo

Ato de discriminação de LGBT+ é previsto como crime desde 2019, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) equiparou a LGBTfobia ao delito de racismo. Já a Lei Estadual 3.157/05 dispõe sobre as medidas de combate à discriminação devido à orientação sexual no Estado de Mato Grosso do Sul.

 

Texto: Débora Bordin / Imagem capa: @visitmsoficial

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.