Subsecretários participam de roda de conversa com foco na mobilização masculina contra a violência de gênero

Categoria: Cidadania, Subs Juventude, Cidadania, Subs LGBT | Publicado: terça-feira, dezembro 8, 2020 as 12:32 | Voltar

Como parte da programação da Campanha Mundial “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher”, foi realizada nesta terça-feira (08.12), uma roda de conversa online “Homens Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”.  A atividade teve como objetivo mobilizar o público masculino para se integrar ao debate sobre o enfrentamento à violência contra a mulher.

A ação coordenada pela Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM) contou com a participação do Subsecretário de Estado de Políticas Públicas LGBT, Leonardo Bastos, do Subsecretário de Estado de Políticas Públicas para Juventude, Ian Leal, do Defensor Público, Mateus Augusto Sutana, do Professor Isael José Santana e da Coordenadora do Núcleo de Enfrentamento à Violência (NEV), da SPPM, psicóloga Melânia Pandolfi Araújo que também foi a mediadora do evento.

Inicialmente a Coordenadora do NEV, explicou a origem da campanha. “A campanha é uma mobilização realizada simultaneamente em mais de 160 países. Tem o objetivo de sensibilizar e conscientizar a sociedade para o fim de todas as formas de violência contra as mulheres. A ação de hoje é em alusão ao dia nacional de mobilização dos homens pelo fim da violência contra as mulheres, como parte da campanha do Laço Branco.”

Direcionando o assunto para a questão de gênero, o Subsecretário de Estado de Políticas Públicas LGBT, Leonardo Bastos, destacou. “A nossa pauta tem uma interseccionalidade inegável, a raiz do machismo, do sexismo e da LGBTFOBIA é a mesma, então toda a ação de combate a violência contra a mulher ou toda a ação de combate a violência e enfrentamento contra os LGBTs elas vão se retroalimentar, tendo um efeito para as nossas pautas. Mas eu enquanto indivíduo, enquanto psicólogo ressalto a importância de nós termos uma discussão como essa. ”

Já o Subsecretário de Estado de Políticas Públicas para Juventude, Ian Leal, reforçou a necessidade de os homens participarem ativamente desse enfrentamento. “Nós precisamos entender a nossa responsabilidade no sentido de trazer os homens para dentro da discussão, para começarmos a perceber o papel da mulher na sociedade, na família, e erradicar esse preconceito com a mulher, as formas de violência contra as mulheres. Esse é o momento de agregarmos em atitudes e em reflexões. ”

Quanto à temática da violência doméstica, o Defensor Público, Mateus Augusto Sutana, reforçou que, “a violência contra as mulheres como todos nós sabemos é um fenômeno multifatorial, se constitui como uma das maiores violações de direitos humanos. De acordo com o Mapa de Violência (2015) o Brasil é o 5º país do mundo com maior número de feminicidios. Segundo balanço do Disque 180, Mato Grosso do Sul é o terceiro estado com maior registro de violência no país. Então o que estamos falando hoje é do nosso cotidiano, do que pessoas que convivem conosco estão passando. O homem tem papel importante para tentar diminuir esses números apresentados, não dá mais para queremos que a violência doméstica seja sanada somente pelas mulheres, esse assunto não pode mais ficar pautado só na SPPM, nem no NUDEM, tem que ter o envolvimento de toda a sociedade.”

Atento quanto à importância de mobilização em relação ao assunto, o Professor Isael José Santana, ressaltou “a necessidade de iniciativas por parte dos homens no combate a violência da mulher. Além de não nos esquecermos que somos homens e engajados numa luta, não podemos esquecer também que tudo isso tem um conjunto social envolvendo classe, raça e desigualdade perpetuada pelo tempo.”

A campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher”, teve início no dia 25 de novembro, “Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres” e será finalizada no dia 10 de dezembro, “Dia Internacional dos Direitos Humanos”. Lembrando que a lei nº 4.784/2015, institui o dia 25 de novembro como “Dia Estadual de Mobilização pelo Fim da Violência contra a Mulher”.

A roda de conversa está disponível na página do facebook da Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres: @SubsMulheres.

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.