Subsecretaria promove ações no Dia Internacional do Orgulho LGBT

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: sexta-feira, junho 28, 2019 as 10:57 | Voltar

Campo Grande (MS) – Essa sexta-feira, 28 de junho, é o Dia Internacional do Orgulho LGBT. Para marcar a data a Subsecretaria de Políticas Públicas LGBT e o Centro de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia (CENTRHO), vinculados à Secretaria Especial de Cidadania programaram uma série de atividades. O dia será marcado por várias ações afirmativas com o objetivo da promoção da igualdade social, orientações sobre os direitos de atendimento à saúde e sobre como requerer alteração do prenome junto ao cartório de Registro Civil.

De acordo com o Subsecretário de Políticas LGBT, Frank Rossatte, 24 unidades de atendimento à saúde e de assistência social serão visitadas em Campo Grande, entre Unidades Básicas de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento, Unidades Básicas de Saúde da Família, CRAS e CAPS. “Nosso objetivo é levar informação para a população e para os funcionários das unidades de saúde, eliminando a discriminação e o preconceito institucional e contribuindo para a redução das desigualdades”, explica.

O Governo do Estado tem atuado na garantia dos direitos da população LGBT, sendo que Mato Grosso do Sul foi o primeiro estado do país a ter uma Subsecretaria de Políticas Públicas LGBT. Para a Secretária Especial de Cidadania, Luciana Azambuja, datas como esta devem ser uma oportunidade para a sociedade refletir sobre a importância de se assegurar os direitos do ser humano, independente da orientação sexual. “É preciso atuarmos para a garantia dos direitos civis e sociais de toda a população, combatendo preconceitos, violências e discriminações, unindo forças em torno de uma sociedade mais justa, inclusiva e igualitária”, afirmou Luciana Azambuja.

As atividades serão realizadas em parceira com a Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres.

“As ações de hoje representam o dia do Orgulho LGBT, o dia em que Stonewall Inn foi invadido, então a partir desse momento os LGBTs entenderam que eles não deveriam ficar mais ali naquele gueto e que ali eles eram menores e estavam enclausurados no espaço, então eles decidiram tomar as ruas. Respeitamos as outras pessoas e queremos ser respeitados também. E as ações aqui no Estado, faremos com que a população conheça e respeite os LGBTs, precisamos combater qualquer forma de discriminação de gênero”, finaliza.

‪As 11h30 será realizada uma blitz educativa na Praça Ari Coelho, além de palestras no Curso de Capacitação para Agente Penitenciário Estadual, realizado na ESPEN MS – Escola Penitenciária do Mato Grosso do Sul. E encerrando as ações blitz informativa em boate LGBT. ‬

Data

O Dia Internacional do Orgulho Gay é comemorado anualmente em 28 de junho em todo o mundo. É também conhecido como Dia Internacional do Orgulho LGBT +.

O principal objetivo é conscientizar a população sobre a importância do combate à homofobia para a construção de uma sociedade livre de preconceitos e igualitária, independente do gênero sexual.

O Dia do Orgulho LGBT foi criado em homenagem a um dos episódios mais marcantes na luta da comunidade gay pelos seus direitos: a Rebelião de Stonewall Inn. Em 1969, essa data marcou a revolta da comunidade LBGT contra uma série de invasões da polícia de Nova Iorque aos bares que eram frequentados por homossexuais, que eram presos e sofriam represálias por parte das autoridades.

A partir desse acontecimento, foram organizados vários protestos em favor dos direitos dos homossexuais por várias cidades norte-americanas.

 

Jaqueline Hahn Tente – Secretaria Especial de Cidadania (Secid)

Foto: Arquivo

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.