Subsecretaria LGBT realiza 1ª reunião presencial do Conselho Estadual

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: sexta-feira, setembro 3, 2021 as 15:22 | Voltar

A Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas LGBT+, realizou na manhã desta sexta-feira (03), no auditório do Museu da Imagem e do Som (MIS), a 4ª reunião ordinária do Conselho Estadual LGBT (CELGBT/MS, sendo esse o primeiro encontro presencial do colegiado, que vinha anteriormente se reunindo virtualmente devido a pandemia da Covid-19.

A reunião contou com a presença do Secretário-adjunto de Cidadania e Cultura, Eduardo Romero, Karla Cavalcanti da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FUNDTUR), e Rosália Silva da representante Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (FUNTRAB), além dos conselheiros.

Na abertura da reunião o Secretário-adjunto de Cidadania e Cultura, Eduardo Romero, destacou a importância da representatividade do Conselho. “Com a união e a parceria de todas as entidades conseguiremos de fato avançar e concretizar de forma mais consolidada as ações me prol da população LGBT+. Em nome da Secretaria de Cidadania e Cultura.”

Durante o evento foram discutidas várias pautas, como: a elaboração do Decreto que instituirá o Selo Empresarial, o projeto de empregabilidade LGBT+, as ações da Subsecretaria para o mês de setembro com a temática “Setembro Amarelo”, e para os meses seguintes.

 

Conselho Estadual LGBT de Mato Grosso do Sul

O CELGBT/MS reorganizado pelo Decreto n. 14.979, é órgão colegiado, deliberativo, paritário, vinculado a Subsecretaria de Políticas Públicas LGBT de Mato Grosso do Sul (SubsLGBT/MS), unidade pertencente à estrutura organizacional da Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura de Mato Grosso do Sul (SECIC/MS), tem como finalidades precípuas propor e fiscalizar políticas públicas destinadas às pessoas que se identificam como LGBT+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e com outras orientações sexuais e identidades de gênero não contempladas pela sigla), no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul, assegurando-lhes o exercício pleno dos seus direitos e cidadania.

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.