Secretário-adjunto da Secic apresenta o programa “Cidadania Viva” para vereadores em Campo Grande

Categoria: Cidadania, Cidadania Viva | Publicado: quinta-feira, dezembro 2, 2021 as 12:14 | Voltar

O Secretário-adjunto de Cidadania e Cultura, Eduardo Romero, participou na manhã desta quinta-feira (02), da sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Campo Grande, para apresentar o Programa Cidadania Viva. O programa que está com edital de seleção aberto até o dia 12 dezembro, vai selecionar 71 bolsistas, de 16 a 29 anos, para atuar nos quatro pilares do programa: Vozes Cidadãs, Prosa Cidadã, Pontes para Cidadania e Rota Cidadã.

“Na Secretaria de Cidadania e Cultura nós temos pensado as políticas públicas tanto as afirmativas, quanto as políticas de cidadania e as políticas culturais.  E nós estamos com o edital aberto de seleção para bolsistas de um projeto social que nós estamos chamando de Cidadania Viva. Nós iremos selecionar jovens para serem bolsistas de monitoria social, atuando dentro das áreas de políticas públicas que nós desenvolvemos naquela secretaria e nos ajudando através do processo de educomunicação e dos processos de arte comunicação ocupar os espaços da cidade e relatar as suas histórias. Contando histórias de comunidades tradicionais, de lugares históricos, das próprias identidades indígenas, quilombolas e outras mais”, destacou o Eduardo Romero.

O Secretário explicou ainda que, “o Cidadania Viva ela já está passando pela fase de experimentação dentro da programação do Festival Campão Cultural, com jovens de comunidades urbanas tanto indígenas como quilombolas. Nesse momento o projeto será somente para jovens de Campo Grande, mas tem uma projeção de expansão para outros municípios. E por isso peço ajuda na divulgação deste edital, pois quanto mais jovens participando mais oportunidade a gente tem de viver a cidadania plena no cotidiano desse juventude.”

Para participar do processo seletivo é preciso baixar o edital com as regras, que está publicado no Diário Oficial do Estado, do dia 24 de novembro, criar currículo lattes, fazer cadastro no Sigfundect (sigfundect.ledes.net), baixar e preencher o formulário de inscrição disponibilizado no Sigfundect e submeter o formulário de inscrição na plataforma do próprio Sigfundect.

Os selecionados vão receber bolsa entre R$ (setecentos reais) e R$4.200 (quatro mil e duzentos reais), conforme grau de instrução. Inicialmente, todos começam como monitores sociais. Mais informações nas redes do programa: @cidadaniavivams

Foto: Izaias Medeiros - Câmara de Vereadores de Campo Grande

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.