Roda de conversa marca comemoração do Dia da Visibilidade Lésbica

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: sexta-feira, agosto 30, 2019 as 16:03 | Voltar

Campo Grande (MS) – Uma roda de conversa marcou o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, comemorado na quinta-feira (29). O evento foi organizado pela Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas LGBT, em parceria com a Subsecretaria de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial, Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres, Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para Juventude e o Núcleo Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (NUDEM) da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul.

O objetivo do evento foi celebrar a data, as identidades lésbicas e, principalmente, destacar os muitos desafios e obstáculos ainda existentes para a efetividade plena de direitos da população de lésbicas no Estado e no Brasil.

“O Dia da Visibilidade Lésbica caracteriza-se como um marco na luta pela cidadania e respeito à identidade de gênero. E esse encontro significa muito por ser um momento de debate e de dar visibilidade para essas mulheres”, ressalta o Subsecretário Estadual de Políticas Públicas LGBT, Frank Rossatte.

Na ocasião foi abordado também a mulher negra LBT, nas suas especificidades ressaltando o preconceito enfrentado não somente pela opção sexual, mas também pela cor.

“A mulher lésbica já sofre desrespeito, até mesmo discriminação por sua opção sexual, e essa quando negra, enfrenta ainda mais desrespeito e violência. Essa roda de conversa é fundamental para colocarmos esse assunto em pauta. Precisamos falar e fazer com que todas as pessoas sejam contempladas pelas políticas públicas, independentemente de sexo e cor”, conclui a Subsecretária de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial, Ana José Alves.

 

Significado da data – A escolha do dia 29 de agosto como o Dia da Visibilidade Lésbica ocorreu quando da realização do I Seminário Nacional de Lésbicas (Senale), em 29 de agosto de 1996, no Rio de Janeiro. A comemoração da data se tornou efetiva a partir do ano de 2003. Desde então o número de atividades no Dia da Visibilidade Lésbica vem aumentando gradativamente, refletindo o crescimento no número de grupos voltados especificamente para as questões das mulheres lésbicas e bissexuais.

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.