Outubro Rosa: audiência pública debate prevenção, rastreamento, diagnóstico e tratamento do câncer de mama

Categoria: Cidadania, Subs Mulher, Cidadania, Subs Racial | Publicado: segunda-feira, outubro 4, 2021 as 16:44 | Voltar

A campanha Outubro Rosa, mês de prevenção ao câncer de mama, foi pauta de audiência pública realizada nesta segunda-feira (04), pela Comissão Permanente de Saúde, da Câmara Municipal de Vereadores de Campo Grande.

O evento contou com a presença da Subsecretária de Estado de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja, da Subsecretária de Estado de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, Ana José Alves, além de especialistas e autoridades da área da saúde.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama atingiu mais de 2,3 milhões de mulheres no mundo todo só no ano passado, com o maior índice de mortes, mas com alta chance de cura quando descoberto precocemente.

E Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), houve queda de 70% na presença de mulheres nas unidades hospitalares desde março de 2020, quando teve início da pandemia de covid-19. De janeiro a julho de 2020, conforme reportagem da Agência Brasil, o número de mamografias realizadas caiu 45% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo pesquisa da Rede Brasileira de Pesquisa em Câncer de Mama, em parceria com a SBM.

“As mulheres ficaram mais isoladas da rede que poderia, inclusive, incentivar a fazer um exame médico. Nessa fase de retomada, que voltamos aos poucos às atividades presenciais, as chances de cura são muito maiores, e as sequelas menores. Prevenção é sempre o melhor remédio. Nossa fala é de apoio e incentivo a todas as ações do Outubro Rosa”, afirmou a subsecretária Estadual de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja.

Já a Subsecretária de Estado de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, Ana José Alves, pontuou que, “é de suma importância a nossa participação, a nossa fala no sentido de recorte, para debatermos a saúde das mulheres negras, quilombolas, ribeirinhas. O mês de outubro é a hora de lembrarmos a importância dos exames preventivos e convidar as mulheres a fazer as consultas periódicas.”

Finalizando a audiência o vereador Victor Rocha, Vice-Presidente da Comissão Permanente de Saúde, ressaltou, “eu acredito que todos vamos sair muito melhor daqui hoje com esse debate, como mastologista sei da importância do diagnóstico precoce no câncer de mama e do tratamento em tempo hábil, afirmou o vereador Victor Rocha, Vice-Presidente da Comissão Permanente de Saúde.”

 

Outubro Rosa

O movimento internacional de conscientização para a detecção precoce do câncer de mama, Outubro Rosa, foi criado no início da década de 1990, quando o símbolo da prevenção ao câncer de mama — o laço cor-de-rosa — foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York (EUA) e, desde então, promovida anualmente.

O período é celebrado no Brasil e no exterior com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama, a fim de contribuir para a redução da incidência e da mortalidade pela doença.

O objetivo do Outubro Rosa  é divulgar informações sobre o câncer de mama e fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para prevenção, diagnóstico precoce e rastreamento da doença.

 

 

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.