Nanda Ferraz é coroada nova MISS TRANS Mato Grosso do Sul

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: quarta-feira, dezembro 9, 2020 as 09:43 | Voltar

Nanda Ferraz, de 25 anos, recebeu no final de semana passado a coroa de Miss Trans Mato Grosso do Sul, em evento realizado na cidade de Corumbá. Nanda assumiu o posto após uma reviravolta no resultado do concurso no mês de outubro deste ano, quando a então ganhadora perdeu o título.

Para a organizadora do concurso Cris Stefanny, e presidente de honra da Associação das Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul (ATMS), as medidas necessárias foram tomadas de acordo com o regulamento.

Subsecretário Leonardo, Nanda e Cris Stefanny.

“O concurso é realizado desde 2018, e não cabe a nós julgar o fato. Entendemos que o ato foi descabido e fora da postura de uma MISS. Infelizmente aconteceu isso, a organização tomou uma decisão, coroamos Nanda Ferraz, e agora é deixar que o passado fique no esquecimento da história, onde novas medidas sejam adotadas já nos próximos concursos, como também possamos traçar novas estratégias de combate à todas as formas de discriminação”, explica.

A então coroada Nanda, garante que está realizando um sonho. “Essa conquista é a concretização de um sonho, não só meu, mas da minha equipe e de todas as pessoas que me apoiam. Sei que é uma grande responsabilidade e tenho humildade de dizer que preciso aprender muito. O MISS TRANS hoje é você ser a figura que representa milhares de meninas tão sonhadoras como eu e quero dizer a elas que somos muito mais que sociedade nos limita e sim podemos ser o que quisermos”, finaliza.

Concursos como este são realizados por todo o mundo, com a proposta de transformar o olhar da sociedade, dar visibilidade para as pessoas trans e travestis, garantir o respeito e o nome social por direito. “O concurso incentiva a valorização e o respeito à diversidade, e estimula suas candidatas a serem embaixadoras do combate a LGBTfobia”, pontua Leonardo Bastos, Subsecretário de Estado de Políticas Públicas LGBT.

Segundo o  Coordenador de Políticas Públicas LGBTQI+ de Corumbá, Márcio Kalango, a coroação da Nanda é uma honra para o município. “A Prefeitura Municipal de Corumbá sempre deu importância para a comunidade LGBT do município e esse apoio é muito gratificante e com a Nanda vamos trabalhar mais ainda para essa comunidade."

Já a Coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres do município, Zenaide Olarte ressalta, "mais que orgulho, beleza e glamour, o título representa para Corumbá, a visibilidade da comunidade trans que luta pela afirmação de sua identidade e visibilidade no enfrentamento à violência e à hipocrisia daqueles que as excluem todos dos dias."

Para saber mais sobre a MISS TRANS Mato Grosso do Sul, acesse a rede social @oficialnferraz.

Foto: Fabi Bulhões

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.