Municípios recebem oficinas de qualificação sobre atendimento ao público LGBT

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: segunda-feira, março 16, 2020 as 17:19 | Voltar

Campo Grande (MS) – Para garantir um espaço de respeito e acolhimento às demandas do público LGBT, a Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas LGBT, promoveu nos municípios de Ponta Porã, Rio Brilhante e Dourados oficinas de qualificação de atendimento com servidores públicos. Participaram das capacitações servidores do CREAS, CRAS e CAPS, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, abrigos, Institutos de Identificação e AGEPEN.

Para o Subsecretário Estadual de Políticas Públicas LGBT, Frank Rossatte, a humanização do atendimento à população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis), é a garantia de direitos dessas pessoas. “Nosso objetivo é construir, de forma compartilhada um modelo de atendimento diferenciado que considere as peculiaridades desse público, como por exemplo, no caso de homens e mulheres trans o direito ao nome social que é a forma como se reconhecem socialmente. E nós como servidores públicos temos o dever se prestar um bom atendimento a qualquer pessoa independente da identidade de gênero”, reforça.

 

Capacitação servidores Ponta Porã.

Na ocasião em parceria com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (AGEPEN), foi realizado nas unidades prisionais masculinas oficinas com foco no empoderamento e conhecimento de direitos nas alas GBTS. Ao todo 63 internos (as) participarão da ação.

Encontro Estadual da Escola Penitenciária de Mato Grosso do Sul (ESPEN/MS).

“Em Campo Grande tivemos a oportunidade também de participar do Encontro Estadual realizado pela Escola Penitenciária de Mato Grosso do Sul (ESPEN/MS), com assistentes sociais e psicólogos das unidades masculinas e femininas. Parceria que vem somando reforço na efetivação das políticas públicas LGBTs no decorrer dos anos”, explica o Subsecretário Frank Rossatte.

Os principais aspectos abordados na ação foram a acolhida do público LGBT que busca atendimento nos setores do hospital, a atenção para o uso do nome social de pessoas transexuais, a prevenção de conflitos e da discriminação, a escuta ativa dessa pessoa que busca o serviço e a legislação vigente.

Nos 03 municípios visitados aproximadamente 200 pessoas participaram das atividades, que contou com também com a presença da Coordenadora do Centro de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia (CENTRHO), Neuza Araújo. O CENTRHO oferece atendimento gratuito na defesa de direitos e da cidadania do público LGBT; com atendimento psicossocial e jurídico de gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais que tiveram seus direitos violados vítimas de discriminação e a apuração de denuncia através de processo administrativo.

CENTRHO

O Centro de Referência em Direitos Humanos, Prevenção e Combate a Homofobia, está localizado na Avenida Fernando Correa da Costa, nº 559, Sobreloja, Centro - Campo Grande. Horário de Atendimento: 07h30 às 17h30. Telefone: (67) 3316-9183. E-mail: centrho@segov.ms.gov.br

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.