Indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru participam de consulta pública sobre o Projeto Cuidar

Categoria: Cidadania, Subs Indígena | Publicado: sexta-feira, março 18, 2022 as 11:49 | Voltar

Lideranças indígena das aldeias Bororó e Jaguapiru, participaram na quinta-feira (17), de uma consulta pública com representantes do Ministérios da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e da Cidadania, do Governo Federal, sobre o Projeto Cuidar.

Dourados foi um dos 3 municípios brasileiros selecionados para participar do programa, que tem como objetivo desenvolver ações com povos e comunidades tradicionais para a conscientização sobre os efeitos do uso de álcool e outras drogas, além de reforçar as ações de proteção e fortalecer o bem-estar físico, mental e social destes grupos.

O Secretário Adjunto da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – SNPIR, Esequiel Roque, destacou a importância da parceria entre os Ministérios, Governo do Estado e o município de Dourados, para a implantação do programa.

“Essa consulta pública aos indígenas mostra o respeito de todos esses órgãos em ouvir à comunidade indígena. Estamos aqui para apresentar o que cada secretaria irá fazer em relação a esse projeto de enfrentamento às drogatização e alcoolismo, vamos ouvir as lideranças indígenas, vamos ouvir a comunidade indígena e aí dentro dessa escuta fazermos as adaptações necessárias para que o projeto seja aceito pela comunidade, adaptado às questões étnicos-culturais da comunidade para que ele tenha efetividade maior”, afirma.

Representando o Governo do Estado, o Secretário Adjunto de Cidadania e Cultura, Eduardo Romero, ressaltou que “o Governo do Estado tem sido grande parceiro das comunidades indígenas, nós sabemos dos desafios que nós temos em fazer esses trabalhos, mas todo o trabalho que é feito junto com a comunidade com construção coletiva se torna um trabalho mais completo e mais forte. ”

Na ocasião foram apresentados os três eixos de trabalho do projeto, que visam, a prevenção, a recuperação e a conscientização, sendo que ambos serão desenvolvidos sob supervisão das secretarias que englobam as pastas dos Ministérios e parceiros locais.

“Hoje a reserva indígena de Dourados está recebendo a equipe do Governo Federal para a apresentação de um projeto que vai atuar diretamente naquelas famílias vulneráveis que estão sendo vítimas do álcool e das drogas, consequentemente nos ajudará na questão da violência e demais agravos que estão preocupando as nossas lideranças e a nossa comunidade. O Estado do Mato Grosso do Sul, por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas Indígena está acompanhando todo esse processo desde a primeira reunião, e vamos abraçar essa iniciativa porque nós queremos devolver sonhos para os jovens e para as crianças indígenas de Dourados”, ressalta Fernando Souza, Subsecretaria de Estados Políticas Públicas para a População Indígena.

Participaram da consulta pública representantes da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR); Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred); Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério da Saúde, da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) e da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), ambas do MMFDH; Fundação Nacional do Índio (FUNAI); Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial; Subsecretaria de Estado de Políticas Pública Mulheres e Secretaria de Estado de Educação, além das lideranças indígenas, associações, professores e profissionais da saúde local.

 

 

 

 

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.