Gestoras de políticas para mulheres inovam no Agosto Lilás driblando a pandemia

Categoria: Cidadania, Subs Mulher | Publicado: quarta-feira, agosto 5, 2020 as 10:11 | Voltar

Campo Grande (MS) - O mês de agosto iniciou e com ele a Campanha Agosto Lilás, a campanha busca divulgar a Lei Maria da Penha e sensibilizar a sociedade para o enfrentamento da violência contra a mulher. Apesar da pandemia e do distanciamento social exigido pelas autoridades, as gestoras municipais de políticas para mulheres tem inovado na campanha desse ano de 2020 em que a Lei completa 14 anos desde a sua sanção.

Em Corumbá a Coordenadoria de Políticas Públicas iniciou o mês fazendo atendimento ao povo das águas no baixo pantanal, com o programa Maria da Penha vai ao Pantanal oferecendo serviços de saúde, tirando dúvidas e divulgando a Lei Maria da Penha e os canais de denúncia. Também nesse mês o PROMUSE (Programa Mulher Segura) começou a operar no município com 7 (sete) policias militares destacados para a fiscalização e cumprimento das medidas protetivas de urgência.

Carnê do IPTU em Paranaíba com a frase da campanha.

No município de Paranaíba a gestora de políticas públicas para mulheres Janete Alves articulou a inserção nos carnês de IPTU de uma mensagem educativa visando alcançar todos os lares, com a mensagem impressa “Violência contra a mulher não é normal. É crime. Não se cale. Denuncie 180 ou 190”, cerca de 12.500 imóveis receberão a mensagem que busca estimular a população a se emprenharem no enfrentamento a violência. Também em Paranaíba os panfletos da campanha Agosto Lilás estão sendo distribuídos pelos agentes comunitários de saúde durante as visitas de rotina e inclusos nas cestas básicas que estão sendo distribuídas por ocasião da pandemia.

Na cidade de Bonito a Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo farão constar em todos os vouchers impressos durante o mês de agosto a mensagem “Violência contra a mulher não tem desculpa, tem Lei. Denuncie 180 Ou 190. Campanha de prevenção e combate a violência doméstica e familiar de Mato Grosso do Sul”. A gestora Amanda Nucci também, com as cautelas e recomendações das autoridades, organizou uma panfletagem no centro da cidade.

Vouchers impressos em Bonito com a frase da campanha.

Em Rochedo foi aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores projeto de lei instituindo a Campanha Agosto Lilás e o programa Maria da Penha vai à Escola. No município de Amambai os panfletos da Campanha Agosto Lilás estão sendo distribuídos juntos com 700 máscaras à população mais vulnerável.

Ao todo são 45 OPMs (Organismos de Políticas para Mulheres) espalhados pelos municípios do Estado. As gestoras que estão a frente desses órgãos são as responsáveis por articular e desenvolver a campanha em seus municípios. Se o seu município ainda não possui OPM entre em contato com a Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres através do e-mail: mulheres@segov.ms.gov.br para mais informações.

 

 

Amambai

Bonito

Rio Brilhante

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.