Colaboradores do Hospital Regional participam de palestras sobre atendimento à população LGBT+

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: segunda-feira, maio 10, 2021 as 11:46 | Voltar

Os serviços de saúde devem ser locais onde todas as pessoas se sintam acolhidas e seguras, por isso é importante que o atendimento seja livre de preconceitos como a LGBTfobia, a fim de garantir o acesso à saúde com qualidade e de forma humanizada.

E com o objetivo de promover uma discussão sobre a temática, a Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas LGBT+ em parceria com o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) realizou um ciclo de palestras com o tema “Promovendo a equidade no SUS para a população LGBT+”.

“O Maio da Diversidade é a jornada da cidadania LGBT+, por esse motivo construímos parcerias com as mais diversas instituições, nossa proposta é comemorar e divulgar os direitos conquistados e promover a discussão sobre a LGBTfobia em todos os locais. Sabemos que a política da saúde integral trouxe alguns avanços, mas ainda há muito o que se fazer”, afirma o Subsecretário de Estado de Políticas Públicas LGBT+, Leonardo Bastos.

A ação que faz parte das atividades da campanha Maio da Diversidade LGBT+, foi coordenada pelo Núcleo de Educação Interprofissional de Saúde, e contou com a presença de servidores que trabalham nas recepções, portarias e assessorias do Hospital Regional.

“Eu fico muito feliz de estar abrindo essa discussão no hospital, estamos quebrando barreiras. E eu espero que essa rodada, esse ciclo de palestras tenha sido somente o início, pois montamos um cronograma para o ano inteiro a fim estarmos acolhendo melhor a população LGBT, e garantir o acesso à saúde que é um direito garantido por lei”, explica Suzicleia Strapason, enfermeira e gerente do Núcleo de Educação Interprofissional de Saúde do HRMS.

As palestras foram proferidas pelo Subsecretário de Estado de Políticas Públicas LGBT+, Leonardo Bastos e pelos servidores do Centro de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia (CENTRHO), a psicóloga Rebeca Pompilio, coordenadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa e o assistente social, Wendel Augusto Gama coordenador do Núcleo de Inteligência em Políticas Públicas.

Técnica de enfermagem Maria Vieira

Para a técnica de enfermagem, Maria Vanilda Vieira, a ação foi muito construtiva. “Eu achei a palestra importante no sentido de esclarecer, compartilhar um pouquinho também da angustia que essa população passa, e nós vemos que coisas assim simples, com um pouco de boa vontade, com conhecimento, você pode amenizar e contribuir.”

Para mais informações sobre o maio da diversidade acesse: www.cidadanialgbt.ms.gov.br

 

 

Psicóloga Rebeca Pompilio

 

Assistente social Wendel Augusto Gama

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.