Cidadania Ativa leva serviços e atendimentos ao Jardim Noroeste

Categoria: Cidadania | Publicado: quarta-feira, dezembro 8, 2021 as 10:39 | Voltar

A 2ª edição do projeto Cidadania Ativa organizado pela Secretaria de Cidadania e Cultura (Secic), no sábado (04), teve como sede a Unidade II da Rede Solidária no Jardim Noroeste. A iniciativa foi criada para atender os bairros com maior concentração de famílias em situação de vulnerabilidade.

Na ocasião foram ofertados aos moradores da região Bandeira da capital diversos serviços, como atendimentos na área da saúde, incluindo preventivo de câncer de mama com ultrassom e exames de testagem rápida de IST’s. Assistência jurídica com a Defensoria Pública, serviços sobre habitação popular, consultas ao SCPC, tarifa social e negociação de débitos com Águas Guariroba e Energisa, balcão de empregos, entre outros, além de brincadeiras lúdicas e corte de cabelo.

Secretário João César acompanhando os atendimentos

“Estamos muito felizes em finalizar as ações de 2021 desse projeto tão importante que é o Cidadania Ativa, uma união de parcerias que proporcionou às comunidades o exercício efetivo da cidadania através dos diferentes serviços oferecidos. O Governo do Estado fortalece a presença e reafirma o compromisso de trabalhar continuamente pelo bem-estar e qualidade de vida da população”, pontua João César Mattogrosso, Secretário de Estado de Cidadania e Cultura.

Para a moradora do bairro Glaucia Aparecida, encontrar todos esses serviços, próximo de casa e gratuitos é muito importante para as pessoas. “Para nós essa ação é muito boa, o bairro tá precisando mais desse tipo de ação. Porque o povo Noroeste é muito carente, e após essa pandemia as coisas ficaram mais difíceis ainda. Eu fiz exame de sangue, ultrassom da mama e meu marido está sendo atendido na Defensoria. É muito bom ter esses serviços de graça aqui”, afirmou.

Glaucia Aparecida e Ione Silva aguardando atendimento

“Eu fiquei sabendo da ação e aproveitei para trazer minhas irmãs para cortarem o cabelo. Ficamos muito feliz em ter esses cortes de graça aqui”, destaca Carla Silva.

Destacamos ainda a presença das Subsecretarias de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, Políticas Públicas para as Pessoas Idosas, Políticas Públicas para Mulheres e Assuntos Comunitários.

Na ocasião o secretário-adjunto da Secic, Eduardo Romero, realizou a divulgação do Programa Cidadania Viva, destinado a jovens de 16 a 29 anos. “O programa que está com edital de seleção aberto até o dia 12 dezembro, vai selecionar 71 bolsistas, e as bolsas variam de R$ 700 reais a R$4.200, conforme grau de instrução. Inicialmente, todos começam como monitores sociais.”

 

Secretário adjunto Eduardo Romero apresentando o Cidadania Viva para os jovens

Para participar do processo seletivo é preciso baixar o edital com as regras, que está publicado no Diário Oficial do Estado, do dia 24 de novembro, criar currículo lattes, fazer cadastro no Sigfundect (sigfundect.ledes.net), baixar e preencher o formulário de inscrição disponibilizado no Sigfundect e submeter o formulário de inscrição na plataforma do próprio Sigfundect. Mais informações nas redes do programa: @cidadaniavivams

 

 

 

Fotos: Stephanie Mattioli e Elias Reis 

 

 

 

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.