Cartilha de Direitos das Pessoas Trans é lançada durante live

Categoria: Cidadania, Subs LGBT, Sem categoria | Publicado: sexta-feira, janeiro 29, 2021 as 19:00 | Voltar

Em alusão ao Dia Nacional da Visibilidade de Travestis e Transexuais (29.01) o Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas LGBT, lançou a “Cartilha de Direitos das Pessoas Trans”.

A cartilha apresenta uma linguagem didática e reúne informações, conceitos, legislação acerca dos direitos das pessoas Trans. Na abertura da live, o Subsecretário de Políticas Públicas LGBT, Leonardo Bastos destacou a importância da ação.

“O dia de hoje representa a visibilidade para as pessoas trans, em especial para as mais vulnerabilizadas. Nosso intuito é debater as ações negativas, discriminatórias ou preconceituosas, e disseminar informações sobre os direitos dessas pessoas e as legislações vigentes que as beneficiam. ”

Na ocasião o Subsecretário noticiou a retomada do Conselho Estadual LGBT, que tem por finalidade analisar e avaliar propostas de parceria, convênios destinados a atender aos interesses da população LGBT e contribuir na construção das políticas públicas para essa parcela da população.

Representando o Fórum Estadual LGBT/MS e a Associação das Travestis e Transexuais de MS, Mikaella Lima, destacou os desafios enfrentados por ela como mulher. “Ser mulher já é difícil na sociedade, imagine ser uma mulher trans, a carga é maior. As pessoas não dão oportunidades para que as pessoas trans consigam emprego. E nós não podemos ficar confortáveis com alguns direitos conquistados. Nós queremos direitos iguais. E a cartilha veio em um momento oportuno, pois queremos que a informação chegue em todos os cantos do estado”, explica.

Em sua fala, o psicólogo e Secretário Estadual do Instituto Brasileiro de Transmasculinidade, enfatizou a os efeitos psicológicos que as pessoas trans sofrem com o preconceito, com a discriminação e elencou a importância de falarmos sobre o assunto. “Atos de preconceito pioram a situação mental das pessoas, é uma soma de opressões e teríamos que fazer uma outra live para falarmos somente desse assunto. Mas hoje aqui vamos mostrar nossas histórias, que conseguimos ascender e podemos sim ser inspiração, motivação. As pessoas trans se ancoram umas nas outras, é uma rede de apoio. Pequenas ações podem fazer uma grande diferença”, finaliza.

Participaram também da ação Dandara Barbosa - representando a Coordenadoria de Políticas Públicas LGBT de Campo Grande e Karla Mello - Coordenadora de Ações Temáticas da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para as Mulheres.

Acesse aqui a Cartilha Direitos das Pessoas Trans. Ressaltando que o material estará acessível para download no site www.secic.ms.gov.br no ícone Central de Conteúdos - cartilhas.

A live está disponível na página do facebook do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e tem tradução simultânea na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

 

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.