Bolsistas do Cidadania Viva participam de oficina com a cineasta Marinete Pinheiro

Categoria: Cidadania, Cidadania Viva | Publicado: quarta-feira, março 16, 2022 as 10:52 | Voltar

Alguns bolsistas do projeto da Secretaria de Cidadania e Cultura (Secic), o Cidadania Viva, participaram de uma oficina sobre fotografia, cinema e audiovisual, ministrada pela cineasta Marinete Pinheiro. Na oficina os estudantes puderam aprender um pouco sobre "o que é cinema" e o histórico do movimento audiovisual no Estado. Marinete foi a primeira brasileira selecionada para estudar cinema em Cuba. Justamente pela procura de mulheres na área.

Para a cineasta, o cinema é uma forma das pessoas se conectarem por meio da imagem. “Acredito que as mulheres demoraram a conquistar esse espaço, quando as mulheres estão elas trazem outras, e gera uma crescente, eu me sinto na missão de incentivar outras mulheres. Eu tive uma mulher que sempre me incentivou, então muitas vezes o incentivo que a gente pode dar para as pessoas é fazer elas acreditarem nelas mesmas. O cinema é um mundo mágico, tem o poder de educação, entretenimento, reconhecimento e empatia.”

Os bolsistas do Cidadania Viva, terão a oportunidade de aprender práticas educomunicativas durante um período de até 2 anos. O audiovisual é muito importante nessa formação. Para o bolsista, João Oliveira, 27 anos, estudante de Direito, a oficina trouxe uma expectativa de expansão do que ele já imaginava sobre o cinema, e proporcionou a oportunidade de sonhar e ter outras ideias. O ensino técnico e conceitual trouxe a possibilidade de pensar em ousar na criação.”

Para a coordenadora Lisa Rodrigues, o cinema é importante na construção de memórias. “O audiovisual além de trabalhar a questão comunicativa, trabalha as memórias, o cinema tem outras categorias dentro dele como próprio documentário, onde é possível narrar histórias. O jovem está construindo a sua história. Através desse tipo de linguagem estamos desenvolvendo outras habilidades, o áudio, a imagem, a aula com a cineasta Marinete Pinheiro, contribui para que os estudantes retratem o mundo deles.”

 

Texto: Bel Manvailer - estagiária com supervisão de Jaqueline Hahn Tente - Secic
Fotos: Elias Reis - Bolsista Cidadania Viva 

 

 

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.