Artesões indígenas participam de rodada de negócios on-line

Categoria: Cidadania, Subs Indígena | Publicado: sexta-feira, outubro 16, 2020 as 10:40 | Voltar

A Subsecretaria Estadual de Políticas Públicas para a População Indígena participou na quinta-feira (15.10) de uma Rodada de Negócios, realizada pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), em parceria com o Sebrae-MS. O evento on-line teve como objetivo apresentar o artesanato de referência cultural sul-mato-grossense para empresários compradores de todo o Brasil.

“Entramos como parceiros nessa feira com o objetivo de fomentar e divulgar o artesanato dos povos indígenas do estado. Dando o suporte na tradução quando necessário e incentivando o empreendedorismo. Sabemos do potencial de cada artesão e da qualidade na produção de peças que destacam também as diferentes etnias que temos aqui. É uma oportunidade única e em tempos de pandemia, estamos avançando no caminho certo. Só temos a agradecer todos os envolvidos”, explica a Subsecretária Estadual de Políticas Públicas para a População Indígena, Benilda Kadiwéu.

A Rodada de Negócios do Artesanato é um evento que obteve êxito em edições passadas (é realizado desde 2009), por ser um encontro que aproxima empresas e produtores de artesanato, por promover novas parcerias comerciais e fomentar pequenos negócios, além da produção familiar de itens artesanais de valor cultural agregado.

Nesta última edição da rodada participaram representantes das etnias: Terena, Kadiwéu, Kinikinaw, Ofaié e Guató. E o esforço da Subsecretaria a partir de agora é reunir o maior número de artesões indígenas para participar das próximas rodadas, tendo em vista que o networking é fundamental para a divulgação do trabalho.

Para o jovem artesão Sulivan Terena, morador da Aldeia Limão Verde de Aquidauana a oportunidade de divulgar suas peças foi única. “Participar desse evento é uma satisfação, com a pandemia parou tudo na aldeia e a feira virtual nos deu credibilidade e força de vontade para fazer nosso artesanato, estou muito feliz, fiz muitos contatos, tenho muitas encomendas”, ressalta. Sulivan destacou ainda a importância do apoio da Subsecretaria. “O apoio da Benilda foi incrível, ela acreditou na gente e eu vim aqui com muita motivação.”

As peças comercializadas serão transportadas pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, por meio de caminhão próprio, doado à FCMS pelo PAB (Programa do Artesanato Brasileiro).

Informações sobre o trabalho desenvolvido pela Subsecretaria a fim de promover a divulgação do artesanato dos povos indígenas podem ser obtidas pelo e-mail: indigena@segov.ms.gov.br

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.