Acolhimento e diversidade na escola é tema de oficina com participação da Subsecretaria LGBT

Categoria: Cidadania, Subs LGBT | Publicado: sexta-feira, fevereiro 12, 2021 as 18:00 | Voltar

Não há dúvidas de que a escola tem como um de seus papéis formar cidadãos para a boa convivência em sociedade. E para isso, é nesse ambiente que alunos e professores devem aprender a respeitar as diferenças.

Com o objetivo de debater a diversidade no ambiente escolar, o Subsecretário de Estado de Políticas Públicas LGBT, Leonardo Bastos, participou na quinta-feira (11), da I Jornada Pedagógica, de formação de educadores do município de Ribas do Rio Pardo. Na ocasião o Subsecretário falou sobre “Acolhimento e Diversidade na Escola”.

“É necessário debater as questões que levam à discriminação, precisamos colocar a diversidade em discussão, e isso vale não só para a sexual, mas também para a racial, a socioeconômica e qualquer outra. O conhecimento afasta os preconceitos, quanto mais informação a pessoa tem, mas ela irá se colocar no lugar do outro. Infelizmente esse assunto ainda é tabu na maioria das escolas. Mas entendo que estamos avançando e essa ação hoje aqui é prova disso”, explica o Subsecretário.

Estudo apontam a dificuldade de abordagem para debater temas ligados a diversidade sexual e de gênero, como consequência da construção de uma cultura que violenta corpos que fogem da “normalidade”. Porém, este tipo de postura gera efeitos irreversíveis na vida de muitos jovens que estão propícios a sofrer bullying.

O Secretário Municipal de Educação de Ribas, Nizael de Almeida afirma que a parceria com a Subsecretaria Estadual reforça e fortalece a parceria para a construção de um trabalho em conjunto nos próximos meses.

“Para nós essa ação foi o primeiro passo de um trabalho conjunto do governo do Estado e do Município de Ribas na busca de uma sociedade mais respeitosa e justa. Discutir diversidades no âmbito escolar é tarefa necessária e constante, pois é discutir o papel da educação, por isso a oficina ministrada para os professores é tão importante, porque coloca as diversidades em questão e evidência um tema, muitas vezes, esquecido no contexto escolar. Queremos preparar nossos servidores para que a educação seja cada dia mais transformadora e emancipatória”, conclui.

Participaram também da agenda outros facilitadores de oficina. Ao final da ação o Subsecretário reuniu-se com o prefeito João Alfredo, e apresentou o Programa Estadual da Cidadania o qual a Subsecretaria está construindo e organizando a nível de estado um pacto estadual de enfrentamento a violência contra a população LGBT, reforçando a importância da participação e a adesão do município.

Publicado por: Jaqueline Hahn Tente

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.